Greve dos caminhoneiros entra no quarto dia na região Central

Manifestações acontecem em toda região Central, como é o caso no trevo de acesso ao município de Faxinal do Soturno, na RS-149, na Quarta Colônia. Foto: Ilso Facco/Especial


Nesta quinta-feira (24), o Brasil entrou no seu quarto dia de greve dos caminhoneiros contra o aumento do preço do diesel. Em Santa Maria e região Central, há vários pontos de manifestações nas rodovias federais e estaduais.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, estão sendo realizadas manifestações em dois pontos da BR-392 em Santa Maria e São Sepé; BR-158 em Júlio de Castilhos; BR-287 em São Pedro do Sul, BR-290 em São Gabriel. Na RS-287, há bloqueios em Agudo, Novo Cabrais e Restinga Seca. Na RS-149, há paralisações em Faxinal do Soturno e Nova Palma.

“Estamos parando tudo, só cruza carros e motos”, disse o caminhoneiro Diego Giovanni Porto Guilherme, que participava de uma manifestação, na manhã de hoje, no Posto Buffon, na BR-392, e enviou uma foto para a redação do Santa Maria 24 Horas.

Além da falta de gasolina no postos, a greve também já afeta alguns supermercados. Em Santa Maria, no Carrefour, cada cliente pode levar no máximo cinco itens do mesmo produto.

Em Santa Maria, na frente da Ulbra, na BR-287, também há manifestações desde o começo desta manhã. Foto: Arquivo pessoal