Santa Maria ganha Base Móvel Comunitária da Brigada Militar

Secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, prestigiou entrega da unidade de policiamento comunitário no Bairro Nova Santa Marta. Foto: Secom/Divulgação


Santa Maria passa a contar com um importante reforço nas atividades de policiamento comunitário. Uma Base Móvel Comunitária (BMC) da Brigada Militar (BM) iniciou as atividades no município, nesta quarta-feira (16), em ato que teve a presença do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer.

A unidade será instalada no bairro Nova Santa Marta, zona oeste da cidade, e possui como principal objetivo o combate à drogadição e redução de indicadores de criminalidade.

“Estamos ampliando o alcance do Estado em regiões que necessitam de atenção especial. Os servidores que trabalham no policiamento comunitário possuem capacitação diferenciada e representarão um novo modelo de relacionamento entre a corporação e a comunidade”, garantiu Schirmer.

Esta é a décima BMC em operação no Rio Grande do Sul. A estrutura consiste em um micro-ônibus equipado com banheiro, mobiliário de expediente e de cozinha. Nela, será realizado o atendimento ao público, registro de ocorrências e atividades multidisciplinares de aproximação entre a BM e a comunidade.

“A comunidade recebe bem o trabalho e tem noção da sua relevância, seja no combate à violência contra a mulher, no enfrentamento ao tráfico de drogas ou nas demais ocorrências cotidianas”, afirmou o comandante do CRPO Central, coronel Marcus Vinicius Sousa Dutra.

Como será o funcionamento da Base Móvel

De acordo com o comandante Erivelto Hernandes Rodrigues, do 1º Regimento de Polícia Montada (1º RPMon), a Base Móvel funcionará, das 07h às 23h, de segunda a sexta-feira, e ficará instalada em frente da Creche Sinos de Belém, na Rua Manoel Mallmann Filho.

“É um projeto piloto que terá uma duração de 3 meses. A Base poderá permanecer na Nova Santa Marta como também poderá atender outras comunidades conforme exista uma demanda”.

Serão destinados seis policiais militares para a execução dos serviços, com apoio de outros quatro, em escalas. A equipe terá o apoio de uma viatura, que desempenhará as atividades de patrulhamento. Haverá, também, trabalho integrado com as guarnições da Patrulha Maria da Penha e com as equipes de instrutores do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).

A Base Móvel Comunitária funcionará de segunda a sexta-feira, das 07h às 23h, na zona oeste de Santa Maria.