Familiares de vítima morta no trânsito realizam manifestação neste sábado em Santa Maria

Luiz Carlos Pinheiro Martins, 39 anos, morreu em um acidente, no sábado passado (28), e deixou esposa, duas filhas e um filho. Foto: Arquivo pessoal


Os familiares e amigos do segurança Luiz Carlos Martins, 39 anos, que morreu em um acidente, na BR-158, em Santa Maria, irão realizar um protesto neste sábado (05), para pedir Justiça. O ato ocorre às 15h30, com saída do Posto Peninha, na Rua Venâncio Aires.

Martins retornava do posto, onde trabalhava como segurança, no sábado passado (28), por volta das 06h30, quando foi atingido por um Palio. A vítima estava em uma motocicleta e se dirigia para a localidade de São José da Porteirinha, interior do município de Dilermando de Aguir, onde residia com sua mulher Kelen, suas duas filhas, com idade de 13 e 16 anos, e com filho de 1 ano e 9 meses.

“Ele era um cara extremamente alegre e animava todo mundo. Quando o meu tio morreu ele estava voltando para casa, depois de uma madrugada de trabalho, trazendo o sustento para a família. Esse protesto servirá para pedirmos por Justiça”, ressaltou Estéfani Martins, 23 anos, que era sobrinha de Martins.  Os familiares confeccionaram camisetas em homenagem ao segurança que serão usadas na manifestação.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF),  Martins conduzia sua motocicleta quando foi atingido na traseira e não resistiu aos ferimentos. O veículo envolvido era dirigido pelo radialista Fernando Adão Schmidt,  da Rádio Imembuí. No momento do acidente havia bastante cerração. Martins morreu no local.