Toxoplasmose é tema de reunião entre Pozzobom e secretário estadual de Saúde

Até o momento, 21 casos de toxoplasmose já foram confirmados. Foto: Ascom/Divulgação


O surto de toxoplasmose em Santa Maria foi o tema de uma reunião entre o secretário da Saúde, Francisco Paz, o prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom, e a secretária municipal de Saúde, Liliane Duarte, na tarde desta segunda-feira (23). De acordo com Paz, a prioridade no momento é encontrar o foco de infecção e tratar os pacientes com resultado positivo para a doença, especialmente os de gestantes. Até o momento, 21 casos já foram confirmados.

Paz ressaltou que a toxoplasmose é uma doença endêmica, ou seja, o estado sempre registra casos.

“O que temos hoje em Santa Maria é um número maior do que o habitual, por alguma razão, que estamos procurando entender”, destacou. “Estamos avaliando os pontos em comum dos casos confirmados para determinar a fonte de infecção, que pode ser o consumo de carne crua ou mal cozida, de verduras mal higienizadas ou de água contaminada”, completou.

Por isso, desde março, técnicos do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS) e da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) estão trabalhando em conjunto com profissionais de saúde da área da saúde pública e privada da cidade, fazendo uma busca ativa de casos e investigando as possíveis formas de infecção.

Os medicamentos para tratar toxoplasmose estão disponíveis no Sistema Único de Saúde e os pacientes com a doença estão recebendo o tratamento normalmente.

“O nosso esforço hoje é para aumentar a quantidade desses medicamentos disponíveis para a população, adquirindo ou buscando em outros estados”, informou o secretário.

Coleta de amostras da água

Na tarde desta segunda, técnicos do Centro Estadual de Vigilância em Saúde estiveram coletando amostras de água na Estação de Tratamento da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), na Vila Vitória. De acordo com o superintendente Regional da Corsan, José Epstein, novas coletas para testes serão realizadas ainda nesta segunda-feira.

Depois da agenda com Francisco Paz, Jorge Pozzobom e Liliane Mello Duarte foram recebidos por José Ivo Sartori. O governador manifestou apoio irrestrito a todas as decisões tomadas pelo secretário de Saúde e garantiu que vai auxiliar o Município para combater o surto.

De Porto Alegre, o chefe do Executivo segue para a Capital Federal, ainda para tratar sobre o surto de Toxoplasmose. Em Brasília, a agenda, nesta terça-feira (24), será no Ministério da Saúde, onde o Município buscará auxílio para reforçar o estoque de medicamentos utilizados no tratamento da doença.

 

*Com informações do Governo do Estado e da Prefeitura