Presídio de Cacequi inaugura pavilhão de trabalho e estudo

om aproximadamente 54 metros quadrados, o pavilhão foi batizado com o nome do agente penitenciário. Foto: Susepe/Divulgação


A partir desta semana, cerca de 20 apenados terão oportunidade de desenvolver atividades de artesanato e de estudo no pavilhão inaugurado na área do Presídio de Cacequi. A Vara de Execuções Criminais (VEC) e o Conselho da Comunidade disponibilizaram R$ 45 mil para a construção do prédio.

Com aproximadamente 54 metros quadrados, o pavilhão foi batizado com o nome do agente penitenciário Roni Marcelo Weiss da Rosa, que faleceu dezembro de 2016, em razão de problemas cardíacos.

Para o diretor do Departamento de Segurança e Execução Penal (DSEP), Fabrício Ragagnin, a homenagem é justa e valorosa. “Este ato enaltece um colega competente e que tinha o respeito de todos”, disse Ragagnin.

O delegado penitenciário da 2ª Delegacia Penitenciária Regional (DPR), Anderson Prochnow, destacou que o pavilhão supre uma demanda antiga, promovendo mais tratamento penal para os presos, que necessitavam de um espaço apropriado para execução de tarefas sociais.

O diretor da casa prisional, Alexsandro Parise, informou que a construção do pavilhão foi executada durante administração anterior e agora foi possível inaugurar o espaço.

Grupo de Trabalho

Está formado o primeiro grupo de preparação para o trabalho laboral interno. O grupo foi organizado pela psicóloga Alice Pacheco e a assistente social Rosaura Freitas. Para as profissionais da Susepe, o espaço vai auxiliar na inclusão social. Os encontros serão quinzenais.



Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*